bubblogueiro
PUBLICIDADE
18 de maio às 14:47
“‘Fulano’ adicionou você” – Edição 2

banner_bubblogueiro_ed2

Olá, pessoal!

Já é segunda de novo, é isso? E eu deixei pra escrever esse post hoje, em cima da hora, simplesmente porque tava difícil escolher uma entre tantas coisas pra abordar aqui.  Pensei em falar sobre algo diretamente relacionado a Claudia, mas, como sou novo por aqui, decidi escolher outro assunto pra deixar fixa e clara a ideia e a identidade desse blog/coluna (nem eu sei como falo).

Pois bem, então o assunto de hoje será o ‘misterioso mundo dos grupos no whatsapp’. Se você faz parte de algum deles fique atento, porque muito do que será dito aqui pode servir pra você.

“’Fulano’ adicionou você”

 ‘Ahlob’, ‘Tribo’, ‘Ghetto’, ‘Nanos’, ‘Abundância’, e tantos outros, o fandom está dividido em vários clubinhos, muitos deles firmes e estruturados há um bom tempo. Algum problema? NENHUM. Nenhum se não fosse o fato de uma coisa chamada ‘briga de egos’. Não conheço muito bem os históricos de todos esses grupos (porque por mais que eu não tenha o que fazer, ainda tenho uma vida), mas sei que alguns deles foram criados com a intenção de serem grupos de votações, o que aconteceu por certo período e depois a competividade desnecessária e exagerada transformou alguns deles em grupos de fofoca. Sim, alguns grupos se salvam, se tornaram grupos de amigos (beijo ‘Ahlob’ e ‘Tribo’, me adicionem) e estão cada qual no seu canto, mas há outros que ainda hoje veem a necessidade de convencer a si e aos outros que são superiores, e o exibicionismo no twitter chega a me dar náuseas. E sabe o que é mais interessante? Alguns desses (ou seriam todos estes?) foram criados por pessoas assim, que queriam ser superiores, aí então pegou o celular e adicionou seus discípulos. Isso mesmo, discípulos. Nesses casos há sempre o “manda chuva”, aquele que influencia a opinião e o pensamento dos demais da forma mais nojenta possível. Costumo chamar esses grupos de ‘ninho’. Há um urubu e suas crias unidos para parecerem juntos aquilo que não conseguiram ser quando sozinhos: superiores.

Outra coisa engraçada que não posso deixar de comentar aqui… Vai uma dica pra você que não faz parte de nenhum dos clubinhos conhecidos: Parem de se humilhar pra participar de um deles! (se for o caso) Já perdi a conta de quantas vezes vi fãs puxando o saco desses grupos no twitter e quase implorando pra fazerem parte, e como resposta sempre vinha algo como “Não entra mais ninguém, o grupo está fechado!” raramente dito com educação, isso se a resposta não ficasse por conta do vácuo. Normal os grupos se limitarem. Então você não se sinta na necessidade se integrar a um destes, crie o seu porque certamente dará graças a Deus por isso depois de um tempo.

Então a gente segue: fã saindo de um grupo e entrando em outro (noooooooooooossa), fã saindo de grupo pra criar outro já que seu ego só permite que ele participe de algum caso seja o administrador (NOOOOOOOOOOOOOSSA), e um grupo falando do outro com a certeza de que são melhores que eles.

Todos somos fãs, farinhas do mesmo saco (felizmente ou infelizmente, querendo ou não), então façam com que o amor seja verdadeiramente seu norte, sua base, ao invés de saírem declarando isso pelas redes sociais e ter um coração podre e egoísta.

 

Obrigado a você que não deixou de conferir a coluna, um forte abraço,

Bubblogueiro.

Compartilhe:  
02/08
Claudia Leitte é a 5° maior produtora do Instagram Stories, no mundo.
29/07
Claudia Leitte apoia ação que pede ajuda de Mark Zuckerberg para hospital baiano
28/07
Claudia Leitte está ansiosa para o ‘The Voice Kids’: ‘Sou manteiga derretida’
27/07
Claudia Leitte curte dias de turista na Itália
26/07
Claudia Leitte é a homenageada da 10ª edição do Prêmio Quem Acontece
Facebook
Instagram

© 2013-2017 www.milkbrasil.com
Todos os direitos reservados.